Finance

Como a tecnologia contribui para os serviços financeiros?

O futuro dos serviços financeiros está nas experiências digitais personalizadas. Você concorda com essa afirmação? Nesse novo cenário que se desenha com a transformação digital, os bancos devem se adaptar às inovações de tecnologia para o sistema financeiro. Mas como fazer isso ainda é um desafio para muitas organizações. 

Adotar novas tecnologias para otimizar os serviços financeiros contribui para que as instituições se tornem mais competitivas, ainda mais em um contexto no qual os bancos digitais estão dominando o mercado. Além disso, com a crise gerada pela pandemia, os clientes estão ainda mais preocupados em manter sua saúde financeira. 

Assim, o setor financeiro deve oferecer o suporte necessário para que eles consigam criar bons hábitos. Aqui, estratégias de gamificação, por exemplo, podem contribuir para que os usuários se engajem nos aplicativos das instituições financeiras, por exemplo. No post de hoje, vamos falar do papel dos bancos na construção desses hábitos. Confira!

Por que os bancos devem adotar canais digitais? 

Com a transformação digital, cresceu a necessidade dos bancos e instituições financeiras se modernizarem e adotarem novas modalidades de tecnologia para o sistema financeiro. Aqui, incluem-se as experiências digitais personalizadas. Organizações que adotarem essa nova forma de comunicação com seus clientes ganham em competitividade e reduzem custos de operação. 

Além disso, investir em inovação e tecnologia para o sistema financeiro diminui o risco de invasões e aumenta muito a segurança dos dados dos usuários dos serviços financeiros. Isso sem falar nos ganhos que a migração para os canais digitais traz para a experiência do cliente, cada vez mais conectado e exigente. 

A personalização, em qualquer frente, permite entregar uma melhor performance ao usuário, principalmente quando falamos em serviços financeiros. Especialmente agora com a crise gerada pela pandemia do coronavírus, o setor financeiro deve oferecer todo o suporte necessário aos seus clientes, que precisam de segurança financeira. 

Nesse sentido, é importante fortalecer a confiança do usuário no banco escolhido para cuidar do seu patrimônio. Garantir uma comunicação fluida e personalizada por meio dos canais digitais é uma ótima forma de fazer isso. 

As instituições, portanto, devem investir no desenvolvimento de seus serviços financeiros para assegurar seu lugar no mercado, fornecendo ferramentas para a gestão do dinheiro dos usuários, incluindo opções de autoatendimento e diversificando seus canais digitais. 

Personalização dos serviços financeiros

Como dissemos, para o setor financeiro, a personalização é extremamente importante para otimizar a experiência do usuário. A organização das próprias finanças ainda é um desafio para muitos usuários do sistema financeiro. Por isso, os bancos podem contribuir muito para a gestão do dinheiro do cliente. 

Ao mesmo tempo, o consumidor também está mais consciente sobre as possibilidades oferecidas pelas empresas e sabe dos benefícios de serviços financeiros personalizados. Por isso, a exigência dos usuários em relação às instituições financeiras cresceu, de modo que eles esperam uma experiência completa de ponta a ponta e não se contentam mais com funcionalidades unidimensionais. 

O crescimento dos bancos digitais trouxe outra perspectiva para a gestão dos recursos dos clientes, oferecendo experiências mais personalizadas e ferramentas ágeis que ajudam os usuários a organizar sua vida financeira. 

Qual a importância de auxiliar o cliente?

Nesse contexto de transformação digital e necessidade de personalização dos serviços financeiros, ganha importância a figura do personal advisor, que auxilia o cliente nas suas decisões sobre a gestão do dinheiro. Principalmente em uma situação de crise global, os bancos precisam estabelecer uma relação de transparência e segurança com o cliente, entendendo suas necessidades e expectativas. 

O objetivo das instituições também deve ser guiar o cliente rumo a sua independência financeira, priorizando o desenvolvimento dos serviços personalizados nos canais digitais. Os bancos também podem apostar em estratégias de gamificação para engajar os usuários em suas plataformas virtuais e ajudá-los de forma descomplicada a gerir os seus recursos. 

Qual o papel da tecnologia para otimizar os serviços financeiros?

As técnicas de gamificação são uma das muitas inovações tecnológicas que o setor financeiro pode utilizar para otimizar a experiência dos seus usuários. A gestão financeira exige alguma disciplina e a constância de determinados hábitos, além de metas realistas. Nesse sentido, a tecnologia pode contribuir muito para criar processos que ajudem o usuário a engajar-se em novos hábitos e mantê-los. 

As instituições financeiras devem buscar alternativas para tornar seus aplicativos mais amigáveis e investir em melhorar a usabilidade dos apps. Essas ferramentas do sistema financeiro precisam ser intuitivas e fáceis de usar para evitar erros por parte do usuário ou a necessidade de precisar de um suporte externo a todo momento. O ideal é que o cliente consiga navegar pelo app e realizar os procedimentos que deseja de forma autônoma. 

Por isso, os bancos devem garantir que seus aplicativos e plataformas forneçam informações precisas e de fácil entendimento para o cliente. Relatórios de gastos e orçamento, por exemplo, são ótimas funcionalidades para incluir em um app bancário. Afinal, elas permitem um maior controle por parte do usuário em relação ao seu dinheiro, oferecendo uma visão geral da gestão financeira desse cliente. 

Lembra que falamos sobre gamificação para o sistema financeiro? Então, aqui, ela pode entrar para ajudar o usuário a construir novos hábitos, estabelecendo metas diárias que vão se tornando mais desafiadoras ao longo do tempo e auxiliando o cliente a alcançar seus objetivos financeiros. Nesse cenário, não podem ficar de fora as notificações personalizadas e os avisos de informações importantes para os clientes, que conseguem ter acesso a tudo isso na palma da mão.

No contexto da transformação digital, os bancos precisam se modernizar para trazer inovações para a experiência do usuário. O objetivo deve ser aumentar o controle financeiro dos clientes, oferecendo soluções personalizadas para suportar a jornada dos usuários. Ainda mais no cenário atual de crise, as instituições que ajudarem seus clientes a construir hábitos financeiros saem na frente. 

Para ter mais conteúdos como este, continue lendo o blog.